ESPECIAL - Valorização de jogadores no Cartola FC 2010

>
Salve salve cartoleiros !!! Conforme prometido durante a semana, chegamos com nosso tópico especial sobre a questão da (des)valorização de jogadores no Cartola FC 2010. Aliás, esse assunto tem sido o mais discutido nos últimos dias em virtude das modificações feitas no algoritmo de flutuação de preço para essa temporada. Newton Fleury, Gerente de Desenvolvimento de Produtos do Globoesporte.com já havia adiantado, com exclusividade ao nosso blog, que teríamos mudanças nesse sentido, o que tornaria o jogo ainda mais intrigante.
.

.
Como o assunto é importante e de interesse de todos, vamos começar com uma breve explicação sobre como o algoritmo de flutuação de preços vem sendo utilizado no Cartola FC.
.

Como já foi colocado no blog oficial do Cartola FC, o valor em cartoletas dos jogadores tende a sofrer variações de preço, para mais ou para menos durante o desenrolar do campeonato, de acordo com o desempenho dos mesmos nas rodadas. A regra de valorização de jogadores, que norteia o funcionamento do algoritmo de flutuação dos preços, impõe que a variação dos preços ocorra de forma relativa, ou seja, a somatória de preços dos jogadores de uma determinada posição (goleiro, zagueiro, meia etc) não pode sofrer variação. Dessa forma, podemos dizer que, se um jogador de uma determinada posição valoriza, outro da mesma posição deverá desvalorizar. Melhor dizendo, a somatória das valorizações de uma determinada posição é igual à somatória das desvalorizações dessa mesma posição. E precisa ser assim para que não tenhamos inflação no jogo, o que prejudicaria novos jogadores que iniciam a disputa com as cem cartoletas iniciais em fases mais avançadas do jogo. A direção do jogo se reserva o direito de manter em sigilo a fórmula do algoritmo de (des)valorização de jogadores, pois julga que esse tema é parte fundamental das discussões que envolvem o Cartola FC, e divulgar essa informação tornaria o jogo menos interessante.
.

Até o ano passado, a (des)valorização dos jogadores acontecia levando-se em conta o preço do jogador e a pontuação da última rodada. Ou seja, se um determinado jogador tivesse sofrido uma grande desvalorização numa determinada rodada, a tendência seria que, jogando bem, ele sofresse uma boa valorização na rodada posterior, rendendo patrimônio aos cartolas. Porém, esse ano houve uma troca do parâmetro utilizado para o cálculo, passando a ser considerada a média das pontuações do jogador ao longo de todas as rodadas disputadas no jogo, e não mais a pontuação da última rodada. Pudemos perceber essa diferença na segunda rodada do Cartola FC 2010. Vejamos o caso mais simbólico, do zagueiro Emerson do Avaí, que cravou 29,3 pontos na primeira rodada e valorizou uma fortuna. Na segunda rodada, mesmo tendo feito míseros 0,80 pontos ele continuou valorizando. Isso seria impensável no Cartola FC 2009. Bem, então como explicar isso ?!!
.

Vamos fazer uma breve explicação baseada no que vimos nas duas primeiras rodadas. Levando-se em conta o que colocamos acima, podemos afirmar que o preço do jogador será "fixado" a médio prazo de acordo com a média de pontos obtida por ele ao longo das rodadas. A média de pontos dos jogadores tende a se estabilizar com o passar das rodadas, causando portanto uma estabilização dos preços desses jogadores. Agora a segunda questão: Qual a relação entre a média de pontos de um jogador e seu preço? Essa é a parte mais difícil e só saberemos com certeza quando os preços dos jogadores e suas médias de pontos se estabilizarem. O que podemos fazer agora são apenas simulações. Isso porque, provavelmente, o algoritmo de flutuação de preços dos jogadores deve sofrer influência também de outros fatores em menor intensidade, como preço inicial do jogador e pontos da última rodada.
.

Colocado isso, vamos ao próximo passo. Paulo Baier do Atlético Paranaense foi expulso contra o Corinthians no Pacaembu, sofreu grande desvalorização e agora volta de suspensão. Uma pratada cheia para ganhar cartoletas ?? NÃO !!! Pela nova tendência de valorização, o preço do Paulo Baier deve acompanhar a sua média de pontos, que deverá continuar baixa devido à péssima pontuação da primeira rodada. Média baixa, preço baixo.
.

Agora vamos ao inverso que é o caso do zagueiro Emerson do Avaí, que tanto burburinho causou. Nossa teoria se aplica perfeitamente a esse caso. Mesmo com a baixa pontuação da segunda rodada, o zagueiro Emerson manteve uma média de pontos alta devido à alta pontuação da primeira rodada. Ou seja, mesmo com baixa pontuação na segunda rodada, o preço do zagueiro Emerson convergiu para um valor relativo à sua alta média de pontos, o que ocasionou a sua valorização novamente.
.

Agora vamos ao prato principal dessa discussão. Será possível ganhar cartoletas quando os jogadores tiverem sua média de pontos e preços estabilizados? Provavelmente não, a não ser que algum jogador faça uma pontuação muito fora dos seus padrões. Ou então, escalando os novos jogadores que surgem no decorrer do campeonato e entram no jogo sem ter as médias de pontos e custo consolidadas. Portanto meus caros colegas cartolas, a hora de encher o bolso é agora !! Aproveitar os picos de valorização e garantir cofres cheios para o restante da disputa. Lembrando a todos que nossa explicação é baseada única e exclusivamente nessas duas rodadas iniciais e teremos que aguardar novas rodadas para confirmar essa tendência, mas ao que tudo indica chegamos próximo de um entendimento desse novo algoritmo do Cartola FC 2010.
.

A teoria apresentada aqui é fruto de uma junção de análises dos cartolas Leonardo Drumond, Caio Orlandini e do editor do blog Eduardo Bergamo. Seguindo essa linha de pensamento, Leonardo e Caio apresentaram conjuntamente ao nosso blog um programa que faz uma simulação de quais jogadores tem maior chance de valorizar ou desvalorizar na rodada em aberto. Para aqueles que não gostam de ir a fundo na teoria e preferem as respotas prontas, o programa vem bem a calhar. Trata-se de um programa com interface simples e de fácil manipulação. Fizemos diversos testes e comprovamos a sua eficácia. Salientamos que esses estudos são baseados nas análises das duas primeiras rodadas e do comportamento do algoritmo de flutuação de preços para elas. Novas análises poderão surgir no desenrolar da temporada. Então vamos ao programa. Você pode baixá-lo no seguinte link:

.

http://www.4shared.com/file/E0KXWI0N/Cartoletas_Final.html

.

.

Preencha os campos:

.

Preço (deve ser colocado o preço atual do jogador usando vírgula e nunca ponto)
.

N° de jogos já jogados (conforme está no site do Cartola FC)
.

Média atual (conforme está no site do Cartola FC)
.

Pts próxima rodada (quanto você acha que o jogador é capaz de pontuar - simule)
.

Depois clique em Calcular e veja os resultados

.

Vamos exemplificar para deixar mais claro. Vamos pegar o caso do Neymar do Santos. Fica assim:
Preço atual = C$ 24,52 / 2 jogos / Média atual = 10,8

Vamos estimar que Neymar é capaz de fazer um gol e chegar a pelo menos 8 pontos nessa rodada. Colocando os dados no programa e calculando chegamos a NÃO ALTERA MUITO, ou seja, Neymar não sofrerá sensível valorização ou desvalorização com essa pontuação.
.

Outro exemplo. Vamos pegar agora o lateral Wagner Diniz do Atlético Paranaense que vem mantendo boa média de pontos.

Preço atual = C$ 15,54 / 2 jogos / Média atual = 11,15

Vamos estimar que jogando fora de casa o Wagner Diniz faça uma pontuação mais baixa dessa vez. Vamos chutar aí uns 4 pontinhos para ele. Colocando os dados no programa e calculando chegamos a VALORIZA, ou seja, mesmo fazendo uma pontuação pior que a rodada passada e abaixo de sua média, ele vai valorizar.

.

Vamos agora voltar ao início da rodada anterior e fazer o teste para o famoso zagueiro Emerson do Avaí. Pegando os dados existentes antes do início da segunda rodada, a nota que ele tirou nessa segunda rodada e jogando no programa temos:

Preço antes da segunda rodada = C$ 27,30 / 1 jogo / Média antes da rodada = 29,3

Colocando 0,8 na pontuação da próxima rodada (que foi a nota que ele realmente tirou, é real), o programa acusa o que esperávamos, VALORIZA. Bingo !!!

.

Então, dependendo do caso, o programa responderá como VALORIZA, DESVALORIZA ou NÃO ALTERA MUITO. Vocês devem ter notado no programa um campo FATOR MONEY. Trata-se de um índice para comparação entre os jogadores. Jogadores com maior FATOR MONEY possuem maior a tendência a se valorizar e vice-versa. Exemplificando, um jogador com FATOR MONEY 2,5 tem maior tendência a ser valorizado do que um jogador com FATOR MONEY 1,2. Nesse campo você vai poder comparar os jogadores e ver qual deles tem maior tendência a valorização. Os criadores do programa alertam que o programa não se aplica a jogadores com valores mínimos (0,7 cartoletas) e técnicos, e que existe uma pequena margem de erro a ser considerada.
.

Caros cartolas, esperamos ter ajudado nessa questão que está causando tanta discussão. Lembramos mais uma vez que essa nossa conversa pode ganhar novos capítulos com o andamento do jogo e nós estaremos sempre atentos. O blog agradece imensamente a participação dos cartolas-matemáticos-programadores Leonardo Drumond e Caio Orlandini (foto abaixo). Eles mandaram bem mesmo !!!

.

.

Não percam amanhã o nosso tópico fixo com os jogadores que REALMENTE tendem a se valorizar nessa rodada. O blog CARTOLEIROS você já sabe, aqui a discussão tem CONTEÚDO !!! .

scouts, rodada, cartola, dicas, barbadas, sportv,

Data da postagem : 19/05/2010

Leia a segunda parte dessa discussão em:

http://www.cartoleiros.com.br/2010/05/especial2-valorizacao-de-jogadores-no.html