Entendendo a valorização de jogadores no Cartola FC 2011

.

Olá amigos cartoleiros. Vamos estrear o espaço da coluna Cartola Mestre na primeira rodada do Cartola FC 2011, trazendo um assunto que é muito importante para a sobrevivência de nossos times no jogo: a valorização dos jogadores. Os veteranos de Cartola já sabem que para alcançar objetivos maiores e brigar pelas primeiras posições nas ligas, é imprescindível acumular patrimônio. Resumindo, se você ficar patinando na largada, e não multiplicar suas cartoletas, corre o risco de ver os adversários se distanciarem.
 
O blog 442, comandado por Newton Fleury, o newtonfo (para nós, o Dr. Cartola!), reabriu para a temporada 2011 com uma excelente explicação sobre a questão da valorização de preços dos jogadores. Leitura obrigatória!

A direção do jogo se reserva o direito de manter em sigilo a fórmula do algoritmo de flutuação de preços dos jogadores, pois julga que esse tema é parte fundamental das discussões que envolvem o Cartola FC, e divulgar essa informação tornaria o jogo menos interessante.  No ano passado, a flutuação de preços causou enorme burburinho na reabertura do mercado após a segunda rodada. Jogadores que haviam sofrido extrema valorização, ou desvalorização na rodada anterior, mantiveram a mesma tendência na segunda rodada, independente da pontuação obtida na mesma. Em entrevista cedida ao Cartoleiros no início da temporada 2010, Newton Fleury já havia adiantado a alteração feita na fórmula do algoritmo:

"Até ano passado, levávamos em conta o preço inicial do jogador, sua média de pontos e a pontuação da última rodada. A partir daí, recalculávamos os preços relativos dos jogadores. Esse ano, mudamos o preço inicial pela média de preços ao longo do campeonato, o que vai dar uma mudança sensível, permitindo uma variação maior ao longo do campeonato."

Conforme pudemos observar na matéria do blog 442, o algoritmo foi mantido e será o mesmo do ano passado:

"O sistema de preços do Cartola foi evoluindo quase que ano a ano até chegar no formato do ano passado, que foi a maior mudança desde a criação do Cartola e permaneceu inalterado para essa temporada"

O entendimento dessa questão ficará mais visível para todos à partir da segunda rodada. Nessa primeira rodada, o mais importante é focar no ganho de cartoletas através da escalação de jogadores mais baratos. Esqueçamos momentaneamente a matemática e vamos procurar jogadores com preço reduzido que possuam boa tendência à valorização. Como o próprio Newton colocou, jogadores que custam duas ou três cartoletas possuem boas chances de valorização, independente de grandes atuações. Minha sugestão é que não foquem em pontuação nessa primeira rodada. O campeonato é longo e, apostar suas fichas em jogadores de valor elevado  nesse momento, pode ser muito arriscado. Recomendo, principalmente aos novatos, a leitura de nossas dicas básicas para se dar bem no jogo.

É hora de procurarmos as minas de ouro do Cartola FC 2011, ou seja, aqueles jogadores que poderão render grandes ganhos ao nosso time nessas primeiras rodadas. O tópico Bons e Baratos traz boas sugestões, mas existem também jogadores menos conhecidos, na faixa de uma a três cartoletas, com boas chances de valorização. Cofres com 140 ou 150 cartoletas, nos possibilitarão formar verdadeiros esquadrões. Coloque algumas unanimidades na sua escalação, mas não deixe de colocar uma boa oferta na conta. Ela pode valer ouro!

............................................................................................................................................................

 
 
 
 
 
Copyright 2010-2016 © Cartoleiros - O número 1 do Cartola FC Privacidade | Site integrante do Cartola Club