Rodada de gols

.
A décima-primeira rodada foi marcada por bons jogos com muita competitividade em campo. Não houve nenhum zero a zero. Seedorf (BOT) estreou, Borges (CRU) reencontrou as redes e Bernard (ATL) encantou com um golaço. Atletas de todas as posições ultrapassaram os dois dígitos. Há fortes indícios de que as próximas rodadas prometem jogos ainda mais empolgantes a torcedores e cartoleiros. 
.
Nessa altura da competição, algumas equipes se projetam como favoritas ao título. Nas últimas três rodadas, tivemos três vitórias de Atlético-MG, Grêmio e Vasco, times que jogam em casa neste meio de semana. A boa fase deve se traduzir em gols diante de sua torcida. Parada mais difícil tem o time gaúcho, que enfrenta o ainda invicto Fluminense, a melhor defesa e o segundo melhor ataque do campeonato. Outros dois clubes que não sabem o que é perder há três jogos – embora ainda distantes do topo da tabela – são Corinthians e Palmeiras, que voltaram a apresentar o futebol que lhes garantiu vaga para a Libertadores e também atuam em casa. Um pouco acima na classificação, Ponte Preta e Náutico querem mostrar porque subiram para a série A com uma boa atuação em seus domínios. Para completar, São Paulo, Internacional e Flamengo tentam retornar ao G4 enfrentando times que estão na zona de rebaixamento. Há, no ataque e no meio das equipes relacionadas acima, vários nomes possíveis de “mitar”.
.
Enquanto muitos se beneficiam deste excesso de favoritismos, pois é possível montar um bom time a partir de 110 cartoletas, para o cartoleiro competidor isso cria um problema. Numa rodada que promete pontuações altas, a questão que fica é: com que esquema e que jogadores conseguir mais pontos? Para respondê-la, fiz um apanhado das dicas anteriores para tentar ajudar na composição da seleção da rodada.
.
· Esquema tático: privilegie os que comportam mais homens de frente. 3-5-2 ou 3-4-3 são as melhores opções, em minha opinião. Com a maioria dos times partindo para cima dos adversários, os zagueiros devem ter muito trabalho no meio de semana, o que pode se traduzir em faltas e cartões; os laterais, como já mostrei aqui, apresentam a pior média de pontos da competição;

· Goleiro: se você não tiver muito dinheiro, cuidado ao investir em arqueiros com boas médias e várias defesas difíceis. Fernando Prass (VAS), Denis (SAO) e Fabio (CRU) devem ser exigidos, mas é provável que sofram gols e até desvalorizem. Vanderlei (CTA) é para quem gosta de arriscar. Paulo Victor (FLA) e Victor (ATL) surgem como promessas de pontuação positiva e valorização, pois enfrentam ataques ruins que costumam dar pontos aos goleiros quando atuam fora de casa. Na próxima rodada, explorarei melhor este tema;

· Técnico: analisando-se os jogos e as equipes, acredito que as maiores goleadas devem vir dos jogos de Náutico, Ponte Preta, Flamengo e Palmeiras. Minha dica é: aposte, entre esses times, no treinador de quem você acha que não levará gols. Lembre-se: 3x0 (Felipão fez dez pontos na última rodada) é melhor do que 4x1 (Fernandão e Cuca fizeram menos do que sete pontos);

· Ataque e meio: diversifique o máximo que puder. Tente colocar um jogador de cada time, se possível. Como escrevi antes, é muito difícil uma equipe fazer oito gols na vida real, mas no Cartola FC não. Basta que você acerte na eleição dos atletas. Para isso, sugiro que invista nos artilheiros. Aposte também em Leonardo Silva (ATL), o zagueiro que mais balançou as redes nesta edição do Brasileirão.
.
O desafio é fazer mais de 80 pontos nesta rodada. Oportunidade como esta não se repetirá tão cedo. Vamos ver se você consegue. Enfim, se você acha que montou a equipe ideal, compartilhe-a conosco. No mais, é torcer para que os goleadores correspondam. Boa sorte a todos!
.

 
 
 
 
 
Copyright 2010-2016 © Cartoleiros - O número 1 do Cartola FC Privacidade | Site integrante do Cartola Club