Estatística FC

.
O Brasileirão em números: 38 rodadas, 20 times, G4, Z4, 11 contra 11, 3 homens de preto, 2 gols, 1 bola e 1 objetivo: ir bem no Cartola!

E pra ir bem no Cartola você deve estar sempre de olho nelas: as estatísticas. Afinal, contra números não há argumentos.

Essa já é a vigésima sexta rodada, mas será nossa primeira e vamos juntos em uma contagem regressiva até a última.

A idéia desse quadro será escalar desde o camisa 1 até o camisa 9, com base nas estatísticas que a tabela do Brasileirão nos oferece, sempre justificando cada nome que convocamos para defender as cores do Estatística FC.

E pra começar vamos apostar no time número 1 do campeonato.


Fluminense x Náutico

O líder Fluminense tem aproveitamento exemplar atuando em seus domínios: conquistou 69% dos pontos, perdeu apenas 1 vez, sofreu só 8 gols e já marcou 20.

Difícil apostar contra esse time, ainda mais quando do outro lado está uma equipe que jogando como visitante, ganhou apenas 1 jogo, sofreu 29 gols e marcou apenas 8. Além disso, o Timbu perdeu os últimos 3 compromissos que teve longe dos Aflitos. Sem falar que nas últimas 3 rodadas sofreu quase 2 gols por jogo - 5 gols em 3 jogos.

Do Tricolor Carioca, vamos tirar 4 jogadores para o Estatística FC:
Gum: que já saiu de campo sem sofrer gols em 10 oportunidades, rouba 1,69 bolas por jogo e tem média 4,32.
Wellington Nem: 3 gols e 1 assistência nos últimos 4 jogos; grande responsável por dar velocidade ao time do Flu. Com Deco, que já deu 5 assistências, de volta, deve ter ainda mais oportunidades de ser decisivo.
Thiago Neves:  o armador tricolor volta da Seleção com moral. Thiago já tem 4 gols e 5 assistências e uma média de 4,07.
Fred: artilheiro do Brasileirão com 11 gols e com uma média de 5,72 pontos por jogo, o avante tricolor não poderia ser mais decisivo.


Figueirense x Palmeiras

Vamos do Rio para Florianopólis, onde o Palmeiras vai enfrentar o Figueirense, que vem embalado: o time catarinense não sabe o que perder em casa há 4 jogos - venceu Cruzeiro, Corinthians e Coritiba e empatou com o líder Flu. Além disso, o Furacão não sai de campo sem marcar pelo menos 1 gol há 7 rodadas. O ataque catarinense marcou 5 vezes nos últimos 3 jogos.

Do outro lado estará um Verdão em crise e em queda: o time paulista perdeu os últimos 5 jogos fora de casa para Fluminense, Atlético-GO, Portuguesa, Atlético-MG e Vasco. Para piorar, o Palmeiras foi vazados em todos os 12 jogos que disputou como visitante e ganhou apenas uma vez.

Desse jogo vamos tirar apenas uma peça:

Aloísio: o atacante, que já marcou 8 gols, deu 2 assistências e tem média 4,16. O jogador é um dos que mais finaliza no campeonato - 60 finalizações. Como se os números acima já não bastassem, Aloísio ainda marcou 7 gols nas últimas 6 vezes que esteve em campo.


São Paulo x Cruzeiro

O São Paulo é muito forte jogando em casa, onde conquistou 77% dos pontos disputados e o Cruzeiro vive fase muito ruim: o time mineiro não sabe o que é vencer há 4 rodadas, foram 3 derrotas e um empate. Além disso, o time celeste balançou as redes apenas 2 vezes nos últimos 3 jogos e sofreu 5 gols nas mesmas 3 rodadas. Para piorar, o Tricolor Paulista marcou 7 gols nas últimas 3 vezes que atuou no Morumbi, tendo marcado 4 gols no Botafogo e 3 na Portuguesa.

Desse jogo vamos convocar um quarteto que acaba de retornar da Seleção:
Rhodolfo: 3,67 pontos por partida, saiu de campo 6 vezes sem sofrer gols e roubou 34 bolas. Sem falar no baixo número de gols sofridos pelo São Paulo em seu estádio e no baixo número de gols marcados pelo ataque do Cruzeiro recentemente.
Lucas: retornando da seleção, o meia tricolor já contribuiu com 5 assistências e 3 gols e tem média de 6,49 pontos por partida.
Jadson: Ninguém nesse campeonato deu mais assistências que Jadson e o camisa 10 do São Paulo ainda contribuiu com 5 gols. Com uma média de 4,03 e embalado pelo seu retorno a Seleção, o camisa 10 do São Paulo pode fazer a diferença mais uma vez.
Luís Fabiano: Artilheiro do campeonato com 11 gols marcados, ainda contribuiu com 3 assistências e tem média 7,75 pontos por jogo.


Ponte Preta x Vasco

O Vasco é um dos poucos times do campeonato que sofre menos gols fora de casa, do que em casa. A equipe cruzmaltina sofreu apenas 9 gols e tem a zaga menos vazada do campeonato como visitante.

O camisa 1 do nosso time sairá desse confronto:
Fernando Prass: 5,16 pontos por jogo e 42 defesas difíceis até aqui no Br12. Para melhorar, a Ponte Preta é o 3o time que mais finaliza no Brasileirão com 355 finalizações. Ou seja o arqueiro vascaíno deve ter muitas oportunidades de praticar suas defesas difíceis e subir sua média de pontos em Campinas.


Atlético-MG x Grêmio

Dois dos melhores times e também duas das melhores defesas do campeonato: o Galo sofreu 17 gols e o Grêmio 21 gols. Sendo assim, é provável que seja um jogo com poucos gols. A situação do time mineiro fica ainda melhor se levarmos em consideração os jogos em casa, onde levou apenas 7 gols.

Desse jogo vem um dos nossos zagueiros:

Leonardo Silva é um dos melhores zagueiros do campeonato e todo cartoleiro sabe disso. Toda essa fama é merecida: o zagueirão já saiu de campo sem sofrer gols em 12 oportunidades, já roubou 36 bolas e marcou incríveis 5 gols, o que lhe garantiu a média de 7,41 pontos por jogo.


A escalação:

3-4-3

Prass
Gum
Leonardo Silva
Rhodolfo
Lucas
Jadson
Wellington Nem
Thiago Neves
Fred
Luís Fabiano (dúvida ainda)
Aloísio
Abel Braga

Oservação: o técnico virá sempre do time que mais ceder jogadores ao Estatistíca FC, nessa rodada foram São Paulo e Fluminense, ams preferimos escalar o técnico do Flu.


Os números jogando contra:

O Internacional recebe o Bahia no Beira Rio nessa rodada. Porém a fase do Colorado não é boa: além das cobranças do técnico Fernandão e da discussão entre ele e Dátolo, o Colorado não sai de campo sem sofrer gols desde a 15 rodada, quando empatou em 0 a 0 com o Náutico, em Porto Alegre. Além disso, o Bahia é o líder do returno do Brasileirão com 14 pontos em 6 jogos, 11 gols marcados e apenas 3 sofridos. Para finalizar vale lembrar que o Tricolor de Aço recentemente surpreendeu o Santos, na Vila, vencendo por 3 a 1 e o Vasco, em São Januário,onde ganhou por  4 a 0.


Baixo patrimônio

Duas das piores defesas do campeonato se enfrentam na Ilha do Retiro: de um alado o Sport que já foi vazado 35 vezes e do outro o Coritiba, que já levou nada mais, nada menos que 45 gols. Promessa de um jogo aberto e esperança de gols para os dois lados, afinal ambas as equipes vivem um bom momento e tentam se recuperar na competição - o Sport marcou 5 gols nos últimos 3 jogos e o Coxa marcou 6 vezes nas mesmas 3 rodadas. Para fechar, vale destacar que o Coxa levou gols em todos os 13 jogos que jogou como visitante.

Do lado do Sport, podemos destacar Hugo e Rithelly que marcaram 2 gols cada nas últimas rodadas. Já no time paranaense, destaque para Deivid, que desde sua estrias, 3 rodadas atrás, já marcou 2 gols e deu uma assistência.


Boa sorte, até a próxima rodada e continuem de olho nos números.

PS- o objetivo desse quadro não é indicar um time forte ou barato, mas apenas apresentar uma escalação com base em uma análise mais fria dos números dos jogadores e dos times.


 
 
 
 
 
Copyright 2010-2016 © Cartoleiros - O número 1 do Cartola FC Privacidade | Site integrante do Cartola Club