Estatística FC na trigésima terceira rodada

.
Rodada longa que começa na quarta e vai até sábado. Faltam apenas 8 rodadas e ainda há 2 times na briga pelo título e muitos no párea por uma vaga na Libertadores e na Séria A do ano que vem. Mas quando o assunto é Cartola, ainda tem muita gente com possibilidade de ganhar o título e de tirrar um sarro do amigo que ficou pra trás, por isso vamos aos números.


Fluminense x Coritiba

O Coxa vive bom momento dentro do Brasileirão 2012, joga empolgado pela volta do ídolo Alex e está perto de se livrar de vez da luta pelo rebaixamento. Além disso, o Coxa é o terceiro colocado do 2o turno, com 7 vitórias nos 13 jogos que disputou.

O Coxa não perde há 6 jogos - foram 4 vitórias e 2 empates e saiu de campo sem ser vazado nas últimas duas vezes em que atuou como visitante - contra Grêmio e Palmeiras.
Sinal de que o jogo não deve ser fácil para o Tricolor Carioca.

Apesar disso, o Fluminense é o líder do campeonato e tem que recuperar os pontos perdidos para Grêmio e Atlético-MG, por isso deve fazer valer sua fama de bom mandante e melhor time do campeonato: o Flu foi derrotado em casa apenas 1 vez, não sabe o que é perder em casa há 4 jogos e já balançou as redes dos adversários, como mandante, em 27 oportunidades. Para piorar, o Coritiba já teve suas redes balançadas 30 vezes como visitante.

Apesar dos dois últimos dois resultados adversos, o Flu tem marcado muitos gols: foram 8 nas últimas 4 rodadas, média de 2 por jogo.

O jogo é difícil por isso vamos apostar apenas nos melhores jogadores do Flu:

Diego Cavalieri: goleiro que vive ótima fase e apesar de ter sido vazado nas últimas 3 rodadas, sempre mantém a média de pontos. Considerando que o Coritiba tem um bom ataque, que finaliza bastante - x finalizações até aqui no campeonato - o goleiro deve garantir pontos nas DDs e quem sabe ainda sair de campo sem sofrer gols.

Digão: zagueiro de melhor média no campeonato (7,57 pontos por jogo), com boa média de roubadas de bola (35 roubadas em 13 jogos) e ainda tem chegado bem no campo ofensivo também, vive ótima fase e tem que estar no time do Estatística FC.

Fred: artilheiro nato, deixou sua marca em 5 dos últimos 7 jogos do Flu no BR12, além disso, no jogo do primeiro turno, vitória do Flu em Curitiba por 2 a 0, o artilheiro guardou o dele. A média é ótima (6,37 pontos por partida) e o número de gols também (16 gols).


Santos x Náutico

O Santos tem um bom ataque em casa, onde já marcou 27 gols e fora de casa o Náutico costuma ser bastante vazado: 33 vezes. Sinal de que Neymar tem que estar no seu time (como quase sempre acontece).

O Náutico saiu de campo derrotado nas últimas 4 vezes que jogou fora de casa e já acumula 13 derrotas em 16 partidas disputadas como visitante. Vem mais uma por ai?

Neymar: Quando os números do adversário são bons, é difícil não escalar o Neymar, quando os números do adversário não são bons, é impossível não indicá-lo. Além disso, nos 6 jogos que disputou na Vila nesse Campenato Brasileiro, Neymar passou em branco apenas 2 vezes, contra Bahia e Corinthians. Além disso, com a presença do craque na Vila Belmiro, o poder ofensivo do alvinegro praiano também cresce: são 14 gols do Santos em 6 jogos em casa, com a jóia em campo, média superior a 2 gols por jogo.


Corinthians x Vasco


O Vasco vem de 4 derrotas seguidas e sofreu 9 gols nos últimos 4 jogos (mais de 2 por jogo), além disso, marcou apenas 2 vezes nos últimos 3 jogos.

Após poupar seus titulares nas últimas rodadas, o Corinthians inicia preparação para o mundial e terá força máxima no Pacaembu, onde conquistou 60% dos pontos disputados. Sofreu 16 gols e marcou 24 vezes.

A fase atual e os números recentes do Vasco mostram que o time da Colina vem em queda livre no campeonato. Por isso, vamos aproveitar o retorno de alguns titulares do Corinthians para escalar o Estatística Fc:

Paulo André: O Vasco marcou apenas 3 gols nos últimos 4 jogos e os números do zagueiro corinthiano agradam: são 3,70 pontos por partida, com direito a 3 gols e 1 assistência e já saiu de campo sem tomar gol em 8 oportunidades.

Paulinho: o volante vive fase espetacular no Corinthians e também na Seleção e tem sido decisivo inclusive no ataque. De volta ao time, o jogador que tem média 6,58 e já marcou 5 gols e deu 3 assistências com certeza vai querer ser decisivo mais uma vez contra o Vasco.


Botafogo x Atlético-GO

O Atlético-GO é o lanterna, está praticamente rebaixado e ainda vem abatido pela eliminação da Copa Sul-Americana. A defesa é uma das mais vazadas do BR12 e Já sofreu 56 gols no campeonato e marcou apenas 31 em 32 jogos.

O Botafogo vem de 2 vitórias seguidas contra Vasco e Figueirense e voltou a sonhar com a Libertadores, recuperou a boa fase e já não perde há 3 jogos: são duas vitórias seguidas que devem embalar Seedorf e cia contra o lanterna, no Engenhão.

O Fogão já marcou 26 gols em casa e conta com a boa fase do novo homem de frente da equipe para vencer mais uma e se aproximar do G4.

Bruno Mendes: os 4 gols em 3 jogos pelo Botafogo garantem uma ótima média ao atacante: 11,33 pontos por partida. Os números do novo xodó da torcida do Botafogo podem crescer, ainda mais se depender do número de gols que a defesa do Dragão já sofreu no campeonato.

Seedorf: marcou o seu 7o gol no campeonato, diante do Figueirense. Com a esperança de arrancar uma vaga no G4, o Botafogo vai precisar do holandês e de sua boa média (4,01) para chegar a Libertadores 2013.

Andrézinho: 4 assistências e 8 gols garantem a bela de média de 4,55 pontos ao motorzinho do time da estrela solitária, que encara o lanterna da competição, com amplo favoritismo.


Figueirense x Portuguesa

O Figueira vinha sonhando em sair do Z4, mas a derrota em casa para o Botafogo atrapalhou os planos do time de Santa Catarina, que para continuar sonhando com a permanência na Série A não pode nem pensar em não vencer o Portuguesa na próxima rodada.

Fora de casa a Lusa conquistou apenas 25% dos pontos que disputou, tendo vencido apenas 2 dos 16 jogos fora de casa. O que aumenta as chances de vitória do Furacão.

Ronny: boa média de pontos (4,48 por partida) e ótima fase - marcou 2 gols e deu 4 assistências nas duas últimas vezes que atuou no Orlando Scarpelli. Para completar, enfrenta uma defesa que costuma sofrer bastante gols fora de casa (já foram 24 em apenas 16 jogos).


Bahia x Grêmio

O Bahia foi derrotado nas 2 últimas partidas em casa contra o Palmeiras e Fluminense. O Grêmio é o segundo melhor visitante do campeonato (ganhou 47% dos pontos disputados), atrás apenas do Fluminense e tem uma defesa regular, que costuma sofrer poucos gols (sofreu 27 gols, em 32 jogos).
O Bahia tem o pior ataque do campeonato como mandante: marcou apenas 13 gols, em 16 jogos em Pituaçu, o que aumenta a chance do Grêmio sair de campo sem ser vazado e por isso mesmo, decidimos apostar em:

Werley: Boa média (5,06 pontos por jogo) e costuma pontuar bem, mesmo quando o Grêmio sofre gols, caso o ataque do Bahia decepcione mais uma vez dentro de casa, pode pontuar ainda melhor.


A escalação:

Diego Cavalieri
Digão
Werley
Paulo André
Paulinho
Seedorf
Andrézinho
Ronny
Neymar
Bruno Mendes
Fred
Oswaldo de Oliveira



Por que não?

Aloísio: a Lusa vive boa fase defensiva: não sofre gols há 2 rodadas. Por isso Aloísio foi preterido por Bruno Mendes, que pega uma defesa mais fraca e em pior momento.

Felipe Anderson: cresceu de produção, mas segue sendo bastante irregular, acabou ficando de fora devido às melhores opções que tínhamos no meio, como por exemplo a dupla do Botafogo, Seedorf e Andrézinho.

Galhardo: apesar da ótima média, jogou apenas 3 jogos, cogitamos a escalção do lateral devido ao baixo poderio ofensivo do Náutico como visitante (tem o pior ataque com apenas 11 gols marcados fora de casa), mas o lateral acabou ficando de fora pelo fato de o Náutico ter marcado gols nas últimas 3 vezes que jogou longe de casa,  nas derrotas para Fluminense, Ponte e Coritiba e também porque preferimos escalar o time com 3 zagueiros e 3 atacantes.

Cicinho: jogador de boa média que enfrenta time muito irregular, o Cruzeiro, que já levou 25 gols fora de casa e não sabe o que é vencer como visitante desde 29/08, quando bateu o Atlético-GO, no Serra Dourada. Se tivéssemos escalado o time com laterais, com certeza seria uma das opções, principalmente pela má fase do ataque Cruzeirense, longe de casa - marcou apenas 17 gols em 16 jogos.

Dagoberto:  O Palmeiras sofreu 27 gols fora de casa e saiu de campo sem sofrer gols em apenas um jogo como visitante, justamente no último jogo fora de casa diante do Bahia. O jogador voltou ao time e teve ótima atuação na derrota para o Figueirense. Porém a irregularidade do time em casa abalaram a confiança na equipe colorada, por isso ficou de fora.


Nesse fim de semana teremos o segundo turno das eleições, no primeiro nossos candidatos pontuaram bem e agradaram a população cartoleira. Estamos confiantes nos nomes eletos pelo Estatística FC e esperançosos de que a história se repita.


 
 
 
 
 
Copyright 2010-2016 © Cartoleiros - O número 1 do Cartola FC Privacidade | Site integrante do Cartola Club