Olho nos nomes com potencialidade de ganho

Fique ligado no quadro que pode salvar o seu time da falência no Cartola FC

Entenda o quadro: Como acontece em todos os anos, muitos cartoleiros sofrem com a falta de cartoletas no desenrolar do jogo. Esta situação acontece principalmente nas primeiras rodadas, e alguns chegam a ficar com seus cofres vazios, na casa de 80 a 90 cartoletas. Casos extremos de pobreza chegam a mostrar cartoleiros na casa das 70 cartoletas. O objetivo do quadro Apertados FC é dar uma forcinha para os pobretões do Cartola e trazer uma boa escalação com nomes baratos. O teto para escalação é de C$100,00 para todas as rodadas.

Na primeira rodada, o nosso time baratinho fez 81,77 pontos e ganhou 47,37 cartoletas. Um bom começo para quem seguiu as nossas dicas. Para a próxima rodada você confere o time abaixo, novamente no 4-3-3. Não deixe de ler as considerações gerais para entender melhor as escolhas feitas.


Considerações Gerais:

A primeira coisa que devemos lembrar é que nunca gastaremos mais de C$100,00 nas nossas escalações. Esse já é o primeiro fator que influi nas escolhas feitas.
Para entender melhor a presença de alguns jogadores no nosso time, recomendamos com atenção a leitura do nosso artigo que trata sobre a valorização de jogadores no Cartola FC.
Especificamente para esta segunda rodada, que costuma ser confusa quando se fala em ganho de cartoletas, vamos explicar jogador a jogador:

Marcelo Lomba (BAH) - Embora esteja muito desvalorizado, com tendência de viés de desvalorização, possui um preço irrisório de C$0,76. Ou seja, aqui não existe perigo de perder cartoletas. Como vai jogar fora de casa, pode pontuar com defesas difíceis. Lembrando que o foco do quadro é ganhar cartoletas, mas sem perder a mira em pontuação.

Fagner (COR), Cléber (COR) e Pedro Henrique (GOI) - São jogadores que irão atuar em casa e podem não sofrer gol. Devem manter a tendência de valorização nesta rodada, em função das fortes altas alcançadas na primeira rodada, e também por terem média de pontos alta e preço relativamente baixo.

Ayrton (VIT) - Desvalorizou pouco na primeira rodada, e tem baixo preço. Uma boa atuação em casa elevaria sua média de pontos, e por consequência o seu preço. O jogador já mostrou potencial em anos anteriores e tem nossa confiança.

Petros (COR) - Foi o meia com maior ganho de cartoletas na primeira rodada, mostrando-se um grande ladrão de bolas. Certamente deverá apresentar viés de alta para esta segunda rodada, de acordo com o funcionamento do algoritmo do Cartola.

Ailton (SPT) - Meia ofensivo que foi poupado na primeira rodada e que tem baixo preço. O Sport é favorito em casa e ele deve valorizar se pontuar razoavelmente bem.

Marcos Assunção (FIG) - Em casa, o Figueirense deve mostrar mais serviço, e o veterano é o craque da bola parada. Valorizou levemente na primeira rodada, segue com baixo preço e pode subir com uma boa atuação.

Leandro (PAL) e Neto Baiano (SPT) - Jogam em casa, possuem viés de alta e preço relativamente baixo. Boas atuações devem gerar ganho de cartoletas, pois ambos tem média de pontos relativamente alta para seus custos.

Dinei (VIT) - Preço baixo, leve valorização e vai jogar em casa com teórico favoritismo, além de ser o homem de área da  equipe.

Eduardo Baptista (SPT) - Preço baixo, tendência de valorização, joga em casa com favoritismo. O mesmo pode-se dizer do técnico do Goiás, uma alternativa.


Alterações nesta escalação: 
1) sai Aílton (SPT), entra Ricardo Goulart (CRU)

O desempenho do nosso time ao longo da temporada pode ser conferido no link:
http://cartolafc.globo.com/time/apertadosfc

Publicado por CARTOLEIROS em 23/04/2014 às 20:30hs
.

 
 
 
 
 
Copyright 2010-2016 © Cartoleiros - O número 1 do Cartola FC Privacidade | Site integrante do Cartola Club