Time do Editor é o 63° no Ranking Nacional

Escalação ousada e esquema 4-4-2 são as cartas para a décima sexta rodada

Entenda o quadro: Acompanhe, rodada a rodada, a escalação do time do editor chefe do Cartoleiros, Eduardo Bergamo. Diferentemente da escalação do SC Cartoleiros, que traz as escolhas de um grupo de colaboradores, teremos aqui uma escalação individual, sempre com uma pitadinha de ousadia. Ponto de encontro obrigatório para quem gosta de fugir da escalação manjada. 

O time fez 64,24 pontos na última rodada, e o patrimônio está em C$213,18. Subindo 52 posições, fico agora como o 63º colocado no ranking nacional. Passo a mirar o top 50.

O time já está dentro do top 100, com bom patrimônio e muitas rodadas pela frente. Se a sorte continuar ajudando, tenho tudo para fazer uma ótima campanha neste primeiro turno.

Nesta próxima rodada, para fazer jus ao objetivo da coluna, vou escalar um time um pouco mais ousado, com alguns nomes que certamente não serão unanimidades.

No gol, Paulo Victor, que enfrenta o Atlético-MG. O Galo não perde há quatro jogos e vem crescendo na competição, o que me leva a crer que o goleiro do Flamengo possa ser bastante exigido. Ele é o melhor da posição no Cartola, e creio que deva render algumas boas defesas nesta rodada.

Dupla de zaga com Juan do Inter e Edu Dracena do Santos. O defensor do Inter não sofre gols há cinco jogos e vem de boas pontuações. É um dos melhores se considerarmos apenas as últimas rodadas no cálculo da média de pontos. Dracena voltou ao time e costuma mostrar segurança, o que deve dar um equilíbrio defensivo ao Santos. Ele também é um zagueiro que costuma marcar gols de cabeça em bolas paradas no ataque.

Na lateral fico no aguardo da situação de Wellington Silva, que é dúvida. Confirmada sua presença, é nome certo no meu time, por sua excelente média de pontos. A segunda vaga ficou com Roniery do Bahia, pois acredito que o bom resultado diante do Corinthians, e a chega de Kleina, dêem um novo ânimo ao time baiano. O Criciúma vem sem Baier, poupado.

Meio campo com medalhões. Ricardo Goulart e Everton Ribeiro têm parada dura, mas o Cruzeiro sobra na competição. D'Alessandro não vem de boas pontuações, mas é sempre um jogador decisivo, ainda mais com o Inter sendo o melhor time após a Copa. E Elias que ainda não brilhou muito, mas também pode decidir jogando em casa.

Ataque com Kieza, que é matador, e mostrou isso por onde passou. E Robinho, que costuma jogar muito dentro da Vila Belmiro. Abel Braga no banco.

O 4-4-2 então  fechou assim por enquanto:
.

Alterações nesta escalação: 
O time vai no 3-4-3
- saem Wellington Silva (INT) e Roniery (BAH)
- entram Dedé (CRU) e Fred (FLU)

Para aqueles que querem acompanhar o desempenho geral do time em todas as rodadas, basta acessar o link: http://cartolafc.globo.com/time/el-monster

Publicado por CARTOLEIROS em 19/08/2014 às 15:30hs
.
.

 
 
 
 
 
Copyright 2010-2016 © Cartoleiros - O número 1 do Cartola FC Privacidade | Site integrante do Cartola Club