Liga Feminina #8: Lugar de mulher é no Cartoleiras SC!

Liga Feminina #8: Lugar de mulher é no Cartoleiras SC!

Lugar de mulher é onde ela quiser! Aqui no Cartoleiros, elas é que tem mando de campo.

Para quem mora em outro planeta e não está acompanhando a super hiper mega campanha que estou fazendo para promover a causa de que as meninas estão dominando o Cartola FC, chega mais... Está na hora da resenha pós-rodada da Liga Feminina Cartoleiras SC!

No ano passado, eu tive o enorme prazer de ler o texto mais-do-que-perfeito escrito pela @danithones, colunista no Donas da Bola. Por coincidência do destino, tive novamente a oportunidade de ler na semana passada e lembrar que esse é um assunto muito pertinente em qualquer rodinha de discussão: existe mulher machista no futebol?  E por consequência, no Cartola FC?

Você pode até pensar que estou sendo presunçoso ao perguntar isso, mas é uma questão totalmente válida. Sinceramente, eu não gostaria nem que esse tipo de questão fosse levantada em primeiro lugar, mas não posso ser hipócrita. O preconceito existe! E a única forma de combatê-lo é falando sobre ele abertamente - livre de pré conceitos.

Amigas, não me venham falar que não sei nada de machismo. Eu frequento estádios de futebol desde os dez anos de idade. Era uma época em que, se uma mulher fosse ao estádio, seria, no mínimo, “elogiada” por um pequeno coro: “Ih ih ih essa puta eu já comi”.

Você pode até nos chamar de marias-chuteiras, vacas, sem noção, sapatões, ridículas e o que mais quiser. MAS saiba que a maioria das pessoas que dizem isso são mulheres. Mulheres julgando outras mulheres. Mulheres que defendem o feminismo para serem superiores aos homens, não iguais. Mulheres que fazem do feminismo um machismo de saias.

As partes que citei acima são o ponto de erupção do texto da Dani. Tudo se resume a isso aqui. Será que não está havendo um problema generalizado de Machismo de Saia quando julgamos de forma pejorativa que as mulheres conheçam tanto ou mais sobre futebol do que os homens, e acabamos por nos tornar parte do problema em vez da solução? Como a Dani fala no texto: o mundo não precisa de mulheres-macho. O mundo precisa de mulheres livres. E o Cartoleiros apoia essa ideia.

Liga Cartoleiras SC na Rodada #8 do Cartola FC

Saindo das polêmicas da vida e voltando à liga Cartoleiras SC, começamos pelas maiores pontuadoras dessa rodada com média nacional alta 49,50 pts e patrimônio de C$116,06. Temos 5 novidades na parada. Todas com pontuação entre 90 e 110. A maior de todas é da cartoleira Mika (Mikaa) com 106,21 pts. Logo atrás dela, vem o time com o melhor nome da rodada, Meu iaiá meu ioiô FC (Laís Benevides)Márcia Souza f.C (Mcs)sclele (Letícia Chaves)Full TQR F.C (Mariana Furtado). Abaixo está o Top 5 - Monstrinhas das Pontuações:

Liga Feminina #8: Lugar de mulher é no Cartoleiras SC!

Para essa rodada foquei em aumentar meu patrimônio, por isso dei preferência a jogadores que não pontuaram muito bem na rodada 7, como o lateral Bruno do São Paulo, e comemorei muito as 5 cartoletas que ganhei no final.
Ana Paula Carvalho - Taboão da Serra/SP – 78.52pts – 47º

No Top 5 - Rycas e Phynas dessa rodada, podemos perceber que tem uma nova ostentadora na parada. Ana Luiza Ribeiro e seu time Realense Fut Clube assume a liderança com C$183,52. São mais de C$10 de diferença para o time que até a rodada 7 era líder: o Inglorioso, da cartoleira Raquel Oliveira. Dessa forma, quem também caiu para a 3ª posição foi nossa querida broder, Tatti (E.C. Tatti. Broder) - eu nunca perco a oportunidade de um trocadilho sem graça. Completam o Top 5: Amarelinhas (Monique Pessoa) e Ludmila Lucca (Ludmila Lucca).

Liga Feminina #8: Lugar de mulher é no Cartoleiras SC!

Entrei também no grupo do WhatsApp e estou aprendendo com elas, só tem fera neste grupo e me ajudam na minha escalação. Essa rodada eu devo a vocês, que me ensinaram a entender esse jogo viciante. Obrigada!
Simone Brasil Brasil, Rio de Janeiro – 81.38pts – 25º 

OBS.: para quem não entendeu, o título da publicação é uma tentativa de chamar atenção ao texto de introdução. Tenho absoluta consciência de que é um título contraditório com o conteúdo do texto. Acredite: foi intencional.

Bom, na verdade até eu mesma me surpreendi com a minha pontuação, e confesso que não adotei nenhuma estratégia, só olhei jogadores desvalorizados e resolvi arriscar e não é que deu certo, fiquei bem feliz com isso.
Ana Carolina,28 anos, Poços de Caldas-MG – 79.44pts – 36º

Essa foi a análise da Rodada #8 do Cartola FC na liga feminina Cartoleiras SC. Gostou? Não deixe de comentar ou compartilhar o texto nas suas redes sociais. A gente se encontra na próxima rodada com mais textos interessantes e mitinhas e riquinhas. Grande abraço!

Leia Também

Eduardo Sasha, Sassá e os Mitos da Rodada #8 do Cartola FC

 
 
 
 
 
Copyright 2010-2016 © Cartoleiros - O número 1 do Cartola FC Privacidade | Site integrante do Cartola Club