Ads Top

Quem pode atrapallhar a Seleção Brasileira em 2018?

Seleções Europeias podem interferir nos planos de Tite para o Brasil na Copa da Rússia.

O Brasil está classificado para a Copa do Mundo. Tite e seus comandados vem atropelando todos os seus adversários nas eliminatórias, desde os mais fracos aos mais tradicionais, e as brincadeiras sobre o Hexa já não são mais novidades nas redes sociais.

No entanto, outros países também vem apresentando um futebol de qualidade e mostrando que podem ser tão favoritos como a Canarinho para levantar a taça em 2018.




Espanha

Muitos podem questionar o porquê dos espanhóis serem considerados um dos favoritos ao título, já que com Vicent del Bosque fracassou com campanhas pífias na última Eurocopa e Copa do Mundo. Porém, com Lopetegui como treinador, o bom elenco espanhol se encontra com um técnico atualizado e pronto para fazer a La Furia se reencontrar com o caminho dos títulos.

Em 8 partidas com o novo técnico, o time segue invicto com 6 vitórias e 2 empates, além de 25 gols marcados contra apenas 4 sofridos. O resultado de tamanha eficiência é notado na tabela de classificação das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo: 1º lugar com 13 pontos e a vaga momentânea para o Mundial da Rússia. O jogo, muito mais objetivo e vertical do que em outros momentos, mostra-se eficiente e alguns dos campeões europeus sub-21 em 2013 são utilizados entre os titulares.

Itália

Um país com 4 Copas do Mundo dificilmente não entrará em qualquer competição como favorito. Apesar das campanhas vexatórias de 2010 e 2014, em ambas eliminada na fase de grupos, a Squadra Azzurra se mostra determinada a superar suas limitações técnicas para voltar a sonhar grande.

A equipe do técnico Gian Piero Ventura é a 2ª colocada do Grupo G, com os mesmos 13 pontos da líder Espanha, atrás somente pela quantidade de gols feitos e sofridos. Os italianos apresentam grande variação tática (esquemas como 4-4-2, 4-2-4 e 3-5-2 já foram utilizados). O primeiro costuma ser utilizado nas jogadas ofensivas, com De Rossi auxiliando na saída de bola e ao lado de Verrati, mesclando experiência e juventude. Seu tradicional sistema defensivo ainda conta com nomes como Buffon, Bonucci, Chiellini e Barzagli.

França

Nossos carrascos em 1986, 1998 e 2006 são os atuais vice-campeões europeus e vem com uma seleção recheada de ótimos jogadores como Lloris, Payet, Pogba e Kanté.
Os líderes do Grupo A tem 13 pontos e ainda não foram derrotados após 5 jogos. Com isso, estão se classificando diretamente para a Copa em um grupo que conta com a presença de Holanda e Suécia.

A qualidade técnica individual dos jogadores é tão grande que Arsene Wenger, técnico do Arsenal, declarou que há tantos jogadores de alto nível como no Brasil de 20 anos atrás, quando a nossa seleção tinha um ataque formado por Ronaldo e Romário. Exagero ou não, os franceses tem uma geração jovem e talentosa: Mbappé, Dembelé, Rabiot e Bakayoko são apenas alguns dos jovens dos Bleus.

Alemanha

Os atuais campeões vem fazendo a melhor campanha da história do país nas eliminatórias. Venceu as 5 partidas e marcou 20 gols, sofrendo apenas 1. Além disso, um eventual confronto contra o Brasil remeteria ao 7 a 1 e as lembranças da goleada, o que causaria um sentimento novo, sendo que seria o primeiro jogo oficial entre as seleções depois daquela semifinal.

Apesar do último título, os alemães se renovaram com a saída de Klose, Podolski, Mertesacker, Lahm e Schweinsteiger para a entrada de Weigl, Sané, Kimmich e Can. Contudo, Kross, Muller, Hummels e Neuer (peças chave no tetracampeonato) permanecem entre os titulares, dando a experiência necessária que a equipe precisa.

Por Matheus J. de Moura @MatheuSClubismo | Sem Clubismo
Quem pode atrapallhar a Seleção Brasileira em 2018? Quem pode atrapallhar a Seleção Brasileira em 2018? Reviewed by Kaio on 5/04/2017 09:10:00 AM Rating: 5