Ads Top

Você já fez alguma loucura pelo seu time do coração?

Chorar pelo time? Quem nunca? O futebol nos leva do céu ao inferno em minutos, mas essa é a sua graça, seu charme.


Gritar, comemorar, aplaudir, chorar e até se exaltar. Esses são comportamentos de todo e qualquer torcedor apaixonado por futebol, que jamais será apenas um jogo. É paixão, é sonho, é arte, é emoção!



Para os não simpatizantes, é impossível descrever o turbilhão de sensações que uma partida nos proporciona. A alegria ao comemorar um gol do seu time do coração, aquele de infância que provavelmente você só torce por influência do seu pai é indescritível, inexplicável inarrável e qualquer outro sinônimo cabível.

A paixão é tão imensurável que com certeza você tem uma história engraçada ou uma loucura que fez por amar tanto esse esporte ímpar. Enganam-se os que acham que a mulherada não é tão fanática. Selecionamos 5 histórias hilárias que só quem é muito clubista vai entender. Ou não.

Cleidinéia Telles, 26 anos, torcedora do Cruzeiro

Em 2009, o Cruzeiro chegou a final da Taça Libertadores da América e nesse dia eu tinha aula na faculdade e não podia faltar, porque já tinha atingido o limite de faltas permitidas. Outro agravante: eu não tinha dinheiro para comprar o ingresso. Mesmo assim, nada tirava da minha cabeça que eu iria naquele jogo. Foi quando decidi fazer horas extras no meu serviço durante 1 mês e com esse dinheiro comprei o ingresso. Fui. Quando cheguei perto do Mineirão parecia que estava no céu. Foi uma verdadeira loucura! Gritei, pulei e ri muito. Realmente, a sensação é indescritível. Entretanto, toda aquela felicidade acabou se transformando em lágrimas, pois meu time perdeu. Fui reprovada por falta na faculdade.

Patrícia Jordão, 23 anos, torcedora do São Paulo

Já terminei um namoro por causa do São Paulo. Logo depois da goleada do Corinthians sobre o Tricolor por 5x0, em 2011, meu namorado ficou tirando muito sarro de mim e falando mal do meu time. Terminei na hora! E olha que eu gostava dele. 

Uma vez quase fui demitida, porque fiquei seguindo o São Paulo no aeroporto. Fugi da minha chefe por duas horas, estava esperando o time embarcar.

Marcela Diniz, 30 anos, torcedora do Vasco

Em setembro do ano passado montei uma excursão e sai do interior da Bahia rumo a Salvador (700km) para assistir Vasco x Bahia. Montei um ônibus com 46 pessoas, havia apenas 3 mulheres contando comigo. Fomos com a cara e a coragem e invadimos Salvador em dia de jogo do Bahia.

Adriane Adami, 32 anos, torcedora do Caxias

Sempre vou nos jogos com o meu pai, mas ano retrasado tinha um jogo importante e meu pai estava viajando. Minha mãe não dirige, minha irmã tinha compromisso e eu não queria gastar dinheiro. Daí atravessei a cidade caminhando, com tornozelo machucado, para poder assistir ao jogo. Fiz isso na ida e na volta. Doeu, mas assisti meu time toda feliz.


Andressa Passeri, 25 anos, torcedora do São Paulo

Fui na torcida da Ponte Preta com uma camiseta vermelha torcer para o São Paulo. Nesse jogo o Tricolor ganhou por 3x1. Fiz isso porque meu pai é Pontepretano e não me deixou ir sozinha ao estádio. Jogo contra o São Paulo aqui em Campinas é perigoso e ele jamais iria na torcida do adversário por mim.

Deixe registrado nos comentários a maior loucura que você fez pelo seu time do coração.

Por: Ana Carolina Madelli | Site Cartoleiros
Você já fez alguma loucura pelo seu time do coração? Você já fez alguma loucura pelo seu time do coração? Reviewed by Ana Carolina Madelli on 5/18/2017 10:56:00 PM Rating: 5