Ads Top

É o fim da Portuguesa?

Conheça os altos e baixos da Associação Portuguesa e Desportos e como ela foi parar no limbo das competições nacionais.



A Portuguesa, tradicional equipe paulistana de origem estrangeira, perdeu ontem (25) para a Desportiva Ferroviária-ES por 1 a 0 e está momentaneamente sem divisão nacional. Assim, a tendência é que em 2018 dispute somente a Série A2 do Campeonato Paulista - segunda divisão do estadual.

A crise começou a afetar o clube lusitano pra valer pela primeira vez em 2002, com o seu primeiro rebaixamento na história do Campeonato Brasileiro. Os 27 pontos em 25 jogos não foram suficientes para salvar a Lusa de sua primeira queda. 4 anos mais tarde, outro rebaixamento, desta vez no Paulistão.

Porém, em 2007 parecia que as coisas estavam voltando ao normal no Canindé. As conquistas dos acessos em âmbito estadual (25 mil assistiram a final da A2 contra o Rio Preto) e nacional (time que menos perdeu na ocasião) colocavam a Portuguesa no lugar de onde ela nunca deveria ter saído, a elite.

A alegria durou pouco e o rebaixamento para a segunda divisão nacional veio no ano posterior. Já era de se estranhar de que havia algo de errado para um tradicional time, acostumado com a primeira divisão, se transformar em uma equipe gangorra - boa demais para a Série B mas não o bastante para se manter na A.

De fato, havia. Mas continuando a história de sobe e desce, a Barcelusa desfilou nos gramados brasileiros em 2011 e foi campeã da segunda divisão com jogadores como Weverton, Renato Chaves, Boquita, Ananias e Edno. Ironicamente, foi rebaixada logo em sequência no Paulista.

As más administrações foram e são o grande problema da Portuguesa. Antigamente, a Fabulosa era conhecida por atrair jogadores por sua organização e salários em dia. Para quem já foi Vice-Campeão Brasileiro, Campeão Paulista e do Torneio Rio-São Paulo, enormes dívidas e rebaixamentos com frequência não podem ser tratados com normalidade.

É importante ressaltar para os mais jovens, que só tiveram a oportunidade de assistir a pior fase da Associação em seus quase 100 anos de existência, de que a atual fase nunca foi a realidade lusitana, acostumada a frequentar os primeiros lugares, com títulos e jogadores relevantes.

Em 2013, o que já era realidade internamente veio a público. Mesmo se mantendo no campo, a equipe rubro-verde foi rebaixada no polêmico Caso Héverton, quando o jogador supostamente jogou uma partida de maneira irregular. O fato é que o caso é tratado com estranheza até os dias de hoje, seja pela imprensa como pelos torcedores.

Desde então, foi queda atrás de queda e que culminou recentemente com a eliminação na Série D. Agora, para voltar a disputar a competição, os lusitanos terão de ser campeões da Copa Paulista e para a Portuguesa voltar a ser Portuguesa, só com algum milagre ou com um trabalho sério, comprometido a pagar as enormes dívidas atuais e que, humildemente coloque a Lusa no lugar onde ela realmente merece estar.

[Atualização]

É o fim da Portuguesa? É o fim da Portuguesa? Reviewed by Matheus Moura on 6/26/2017 06:40:00 PM Rating: 5