Ads Top

Dicas da Cartoleira #33: a mitada tarda mas não falha

Na última rodada, o Estrela Vespertina chegou bem pertinho dos 100pts e quer continuar repetindo a dose.

Dicas da Cartoleira #33: a mitada tarda mas não falha

Que rodada maravilhosa, meus queridos! O Estrela Vespertina fez 93.94pts e teria batido os 100pts se o Reinaldo (CHA) tivesse continuado com o saldo de gol intacto, pois essa era a minha pontuação quando a Chape entrou em campo. Um abraço apertado para o Thiago Carleto (Coritiba) que garantiu boa parte dessa pontuação linda.

Estou empolgadíssima para esta rodada, mas não podemos vacilar para que o tombo não seja grande. Pensando nisso, tentei optar por jogadores que não costumam me decepcionar e que tem confrontos com chances de pontuação. Claro que tem algumas apostas para dar uma equilibrada.

No gol vamos com Fernando Prass (Palmeiras), que enfrenta o Vitória fora de casa. Como todos sabem o time baiano é um péssimo mandante, pode até chutar um pouco para garantir umas DDs, mas apostamos que Prass até possa manter o SG.

A zaga, na minha opinião, foi o setor mais complicado de montar. Nenhum me passou 100% de confiança (ou se passavam, esses jogadores enfrentavam o meu ataque) e se fosse permitido eu só escalaria laterais. Mas optei por Balbuena (Corinthians), que pode me fazer perder algumas cartoletas, mas é um jogador bem regular que deve atuar bem contra o Atlético-PR. David Braz (Santos) vai fazer companhia, já que também vem pontuando bem e ainda por cima joga em casa. Quem sabe algum dos dois resolve fazer um gol ou dar uma assistência?

Na lateral vamos com o estreante no meu time, Marcos Rocha (Atlético-MG). Não lembro da última vez que apostei em alguém do Galo, mas a partida contra o lanterninha, em casa, me fez dar um voto de confiança. Além do mais ele tem uma das melhores médias na posição e tem se saído bastante bem nas últimas rodadas. Quem faz companhia é Egídio (Palmeiras), que rouba muitas bolas, pode sair com SG intacto e ainda dar um auxílio no ataque.

Dicas da Cartoleira #33: a mitada tarda mas não falha

No meio vamos com Hernanes (São Paulo), Moisés (Palmeiras) e Cuéllar (Flamengo). O primeiro nem vou apresentar porque nunca sai do meu time. O segundo também me deu sorte da outra vez que eu escalei, tem pontuado bem e pode ser bastante útil ao Palmeiras jogando fora de casa. Cuéllar é uma surpresa por aqui, tem se mostrado bastante regular nas últimas partidas e conta com 57 RBs. Acho que pode se sair bem no confronto com o Cruzeiro, em casa.

Dicas da Cartoleira #33: a mitada tarda mas não falha

No ataque Bruno Henrique (Santos), que também dispensa muitas apresentações. Ele aparece entre os mais escalados da rodada, enfrenta o Vasco em casa e certamente deixará o seu. Mendoza (Bahia) também deve continuar bem nesta rodada. Pega o Avaí na Ressacada e tem tudo para marcar mais uma vez. E por fim, Keno (Palmeiras), que deu uma decaída depois das mitadas mas que tem tudo para mitar novamente. É um jogador barato, desvalorizado e serve pra tentar o diferencial na pontuação das ligas, já que a grande maioria deve ir com Dudu (PAL).

Dicas da Cartoleira #33: a mitada tarda mas não falha

Fecha o time o técnico Oswaldo de Oliveira (Atlético-MG).

Por Adriane Adami @drica_adami | Site Cartoleiros
Dicas da Cartoleira #33: a mitada tarda mas não falha Dicas da Cartoleira #33: a mitada tarda mas não falha Reviewed by Adriane Adami on 11/08/2017 04:01:00 PM Rating: 5