Ads Top

Dicas da Cartoleira #37: voltando às origens

Na penúltima rodada do campeonato, o Estrela Vespertina volta a lembrar de alguns jogadores que nos deram alegrias no passado e podem brilhar por aqui novamente.



Estou gostando bastante da reta final do Brasileirão. Se no meio do caminho tivemos altos e baixos, nesta etapa estamos mais estabilizados e chegando cada vez mais perto de fechar a temporada com um saldo bem positivo. A rodada passada foi lamentada por muitos cartoleiros, o que refletiu na média nacional, que mal passou os 34 pts. Mas por aqui o resultado foi bastante comemorado, já que o Estrela Vespertina marcou 78.81 pts.

Já que estamos a apenas uma rodada do final do Campeonato, decidimos retornar às origens e escalar alguns jogadores que apareceram por aqui apenas no começo da competição, mas que voltaram a pontuar; assim como aqueles que vocês estão cansados de ver neste espaço porque já nos deram inúmeras alegrias.

Sendo assim, vamos à escalação:

No gol vamos apostar em Jailson (PAL), que se mostrou bastante seguro todas as vezes que vi ele em campo. Além do mais recebe o Botafogo, que está quase escapando da zona de classificação da pré-Libertadores e precisa reagir, chutando muito a gol. Espero que mantenha o SG, mas me contento com algumas DDs.

Na zaga estão de volta Réver (FLA) e Tiago (BAH), ambos jogadores que roubam muitas bolas, dão aquela ajudinha básica no ataque e que compensam a pontuação mesmo sem SG. Tiago é mais doidinho e adora uma confusão ou um amarelo, mas recebe a Chape em casa e tem tudo para sair vitorioso dessa briga.

Na lateral não tem muita invenção: Tiago Carleto (CFC) e Fagner Alemão (AVA). Carleto é o rei das assistências, garante algumas RBs e joga em casa contra o São Paulo, que chega em Curitiba sem Hernanes, a principal peça do time. Pode sair com SG intacto e ainda dar assistência ou fazer gol. Alemão já conta com 57 RBs, recebe o Atlético-PR na Ressacada e precisa lutar com todas as forças para escapar do rebaixamento.



A principal mudança no nosso meio-campo é a escalação de um meia a mais do que o normal, já que nesta rodada optei pelo esquema 4-4-2. Moisés (PAL) e Zé Rafael (BAH) são figurinhas repetidas que tem aparecido constantemente por aqui. Patrick (SPO) ficou um pouco desaparecido nas últimas rodadas, mas ele retorna por voltar a viver bons momentos. Aliás, eu não podia deixar de fora o maior ladrão de bolas que o Estrela Vespertina já escalou. Quem fecha o time é uma novidade, que não aparece por aqui desde o meio do ano, aproximadamente: Thiago Neves (CRU). Nas partidas mais recentes ele voltou a pontuar bem, e acho que vale a pena uma nova chance para relembrar os bons tempos.



Nosso ataque vai apenas com dois representantes, já que não me contentei muito com as alternativas disponíveis: Mendoza (BAH) e Tréllez (VIT), ambos com 8 gols nesta competição. O Bahia enfrenta a Chape em casa e o Vitória tem um jogo acirrado contra a Ponte Preta, confronto direto pela briga por quem fica de fora do temido Z-4.



Para comandar essa galera toda vamos com Claudinei Oliveira (AVA) por motivos de: melhor alternativa entre os treinadores baratinhos que tínhamos por lá. E como já falei por aqui, confio no Avaí para esta rodada.

Por Adriane Adami @drica_adami | Site Cartoleiros
Dicas da Cartoleira #37: voltando às origens Dicas da Cartoleira #37: voltando às origens Reviewed by Adriane Adami on 11/25/2017 09:39:00 AM Rating: 5