Posição Estratégica #5: Agora é pra valer!

Após 4 rodadas acumulando Cartoletas, chegou a hora de colocar nossas convicções pra jogar.


Rodada após rodada, torna-se possível entender melhor o Cartola FC com a presença do capitão e os ajustes de pontuações. Fica a  lição de que escolher um bom capitão ajuda, preferencialmente se este é regular, pois são esses pontos que tiram a diferença entre seus adversários nas ligas. O Posição Estratégica foi pouco acima nessa última rodada, olha só:


Avaliando nossa escalação, temos os seguinte pontos de destaques:

ERROS - O trio Corinthiano (Cássio , Marquinhos Gabriel e Roger) decepcionou bastante, seja por não manter o SG ou por não conseguir produzir ofensivamente. Também deixaram a desejar ofensivamente Otero (CAM) e Wellington Paulista (CHA).

ACERTOS - Na dúvida entre Thiago Neves e Arrascaeta (CRU) o escolhido correspondeu e pontuou bem. O melhor jogador da equipe foi o voluntarioso atacante Everton (GRE) que deixou o seu e ajudou a equipe a golear o Santos.

Para aqueles que ainda não fizeram a leitura do primeiro post da coluna Posição Estratégica, recomendo que acessem este link para entender nossos objetivos e estratégias. De maneira resumida, nossa tática durante as quatro rodadas iniciais foi voltada à valorização financeira do jogador e a partir da quinta rodada escalaremos com base na média das pontuações conforme as partidas anteriores, também levando em consideração os jogos que aconteceram dentro e fora de casa.

Antes de irmos à escalação se faz necessário alguns esclarecimentos. A base de dados utilizada para montar a equipe não será somente a do Cartola. Uma das dificuldades dessa coluna tem sido encontrar os dados para análise, uma vez que existem poucos sites com informações detalhadas. Por exemplo, um dado bem interessante e que nos ajudou a escalar o Everton (e que também tinha indicado Arthur e Luan como bons prospectos) é a média de chutes ao gol de cada atleta, comparada com a média de chutes que o Santos cede por partida fora de casa. Bastante específico, não?

Trazendo um exemplo dessa rodada, temos a seguinte análise, quando falamos de chutes (da equipe) por jogo e chutes cedidos por jogo, considerando jogos como mandantes e visitantes:

Mandantes que mais chutam ao gol: Santos (22 chutes por jogo), Sport (20 chutes por jogo) e Grêmio (20 chutes por jogo).
Visitantes que mais cedem chutes ao gol: Sport (20,5 chutes por jogo), América MG (16 chutes por jogo) e Internacional (15 chutes por jogo).

Analisando rapidamente, quando as duas informações se encontram é um bom sinal (como é o caso de Grêmio x Internacional)

Dito isso, vamos à escalação:

OBS: trouxemos números sobre diversos jogadores, mas aqueles que integram o time do Posição Estratégica estão destacados em negrito e laranja.

Goleiros: dentre os times que jogam em casa, o que possui melhores índices como mandante é Everson (CEA) enquanto dentre os times que jogam fora de casa os melhores índices como visitante pertencem ao Jailson (PAL), que também possui a maior média nos scouts do Cartola FC para a posição.

Laterais: As duas maiores médias nos scouts do Cartola FC pertencem a Rodinei (FLA) e Rene (FLA), mas fiquem atentos se não serão poupados contra a Chapecoense. Considerando os melhores indices como mandante temos Bruno Pacheco (CHA) e Dodo (SAN) e dentre os visitantes Eder Militao (SAO) e Marcos Rocha (PAL). Em nossa escalação para a 5ª rodada, não optamos por laterais.

Zagueiros: Na base de dados do Cartola FC os dois melhores da posição são Réver (FLA) e Balbuena (COR). Considerando os melhores índices como mandante temos Balbuena (COR), Luiz Otavio (CEA) e Lucas Verissimo (SAN) e dentre os visitantes Bruno Alves (SAO) e Réver (FLA). O zagueiro do Flamengo teria espaço no time, mas por ter sentido a coxa no jogo contra a Ponte Preta pode ser poupado no final de semana.


Meias: Para os analistas do fantasy game, os quatro melhores da posição (com pelo menos 2 jogos) são Paquetá (FLA), Arthur (GRE), Rodriguinho (COR) e Gustavo Blanco (CAM). Considerando os melhores índices como mandante, temos Matheus Rossetto (CAP), Rodriguinho (COR) e Jean Mota (SAN) e dentre os visitantes Paquetá (FLA), Patrick (INT) e Richard (FLU). Vem como aposta neste meio campo Arrascaeta (CRU), que está entre as maiores médias da posição, número de finalização superior a 4 vezes por jogo em casa e deve movimentar o meio do Cruzeiro contra o Sport. Não iremos de Paquetá por considerar que deve ser poupado, mesmo sendo uma ótima escolha.


Ataque: No Cartola, considerando os que estão com pelo menos duas partidas, os três melhores da posição são Everton (GRE), Vinicius Junior (FLA) e Pedro (FLU). Ao considerar os melhores índices como mandante temos Luan e Everton (GRE) e dentre os visitantes Vinicius Junior (FLA), Carlos (PAR) e Willian (PAL). Aqui cabe um parenteses para escalarmos um cara que teve um bom jogo no meio de semana e finaliza muitas vezes por jogo: Gabigol (SAN). Será nossa referência no ataque e capitão. Marcelo Chamusca (CEA) comanda a equipe por ser o mais barato treinador.


Prontos para a quinta rodada?

Acompanhe o desempenho da nossa equipe em: https://cartolafc.globo.com/#!/time/posicao-estrategica


Por: Gustavo Zani
Twitter: @gus_zani

Instagram: @g_zani
Posição Estratégica #5: Agora é pra valer! Posição Estratégica #5: Agora é pra valer! Reviewed by Gustavo Zani on 5/11/2018 04:57:00 PM Rating: 5