Posição Estratégica #11: em busca dos 1000 pontos antes da Copa

Na rodada #11 vamos em busca de uma ótima pontuação para alcançar os 1000 pontos antes da Copa do Mundo.



Na rodada 10 fomos pegos de surpresa e não tivemos tempo para fazer duas trocas que foram determinantes para uma pontuação maior. Mesmo com 2 jogadores a menos, nosso time ficou novamente acima da média nacional, porém caimos para 80,16 pontos. O Posição Estratégica teve o seguinte desempenho na última rodada:


Avaliando nossa escalação na rodada passada, temos os seguinte pontos de destaques:

ERROS - Além de Jonas e Anselmo que não jogaram, Balbuena (COR) e Fábio (CRU) deixaram a desejar e fizeram menos de 2 pontos cada.

ACERTOS - Róger Guedes (CAM) mais uma vez foi bem e pontuou acima dos 11 pontos com suas duas assistências. Além dele, Neilton (VIT), como capitão, também pontuou bem, mas poderia ter ido melhor.

Para aqueles que estão começando a acompanhar nossa equipe agora, o Posição Estratégica utiliza como critério de escalação a média das pontuações conforme as partidas anteriores, também levando em consideração os jogos que aconteceram dentro e fora de casa.

Considere alguns fatores ao escalar sua equipe para a rodada 11:
  • Atlético PR x São Paulo - os paraenses levaram 5 gols nos últimos 3 jogos em casa enquanto o tricolor fez 6 gols nos últimos 3 jogos fora de casa. Com relação às finalizações, o Atlético acerta em média 7,3 chutes a gol por jogo em 15,5 tentativas, enquanto o São Paulo permite apenas 11,4 chutes por jogo — o segundo menor neste quesito. CONSIDERE ESCALAR ATACANTES/MEIAS DO SÃO PAULO.
  • Ceará x Palmeiras - o ataque do Ceará fez apenas 2 gols em casa nos últimos 3 jogos, enquanto a defesa do Palmeiras sofreu apenas 2 gols nas últimas 3 partidas fora de casa. Considerando finalizações, os cearenses chutam em média 13,2 vezes por jogo em casa enquanto o Palmeiras é a defesa que menos permite chutes como visitante (11 por jogo). BOAS CHANCES DO PALMEIRAS MANTER SG.
  • Chapecoense x Cruzeiro - o Cruzeiro possui o terceiro ataque mais produtivo fora de casa (13 chutes por jogo, 3,8 no gol), enquanto a Chape é a quarta equipe que mais cede chutes em casa (14,5 por jogo). Apesar do ataque dos catarinenses ter feito 6 gols nas últimas 3 partidas, a defesa do Cruzeiro sofreu apenas 1 gol no mesmo número de jogos. AVALIE OPÇÕES OFENSIVAS E DEFENSIVAS DO CRUZEIRO.
  • Corinthians x Vitória - apesar do Corinthians ter sofrido apenas 1 gol em casa nos últimos 3 jogos, o ataque do Vitória tem 6 gols nas últimas 3 partidas e como visitante é um dos mais fortes. Vale ressaltar que a defesa do Vitória sofreu 8 gols nos últimos 3 jogos fora de casa. CONSIDERE ESCALAR MEIAS/ATACANTES DO CORINTHIANS.
  • Flamengo x Paraná - Flamengo sofreu apenas 1 gol em casa nos últimos 3 jogos enquanto o Paraná fez apenas 2 na mesma quantidade de partidas fora de casa. BOAS CHANCES DO FLAMENGO MANTER SG.
  • Grêmio x América MG -  os gaúchos finalizam em média 17 vezes por jogo, sendo 5,2 no gol, enquanto os mineiros permitem 17 chutes por jogo e cederam 7 gols nas últimas 3 partidas fora de casa. Defensivamente, o Grêmio cede apenas 7 chutes por jogo em seus domínios, sendo a segunda melhor neste quesito. BOAS CHANCES DO GRÊMIO MANTER SG E TAMBÉM AVALIE OPÇÕES OFENSIVAS DESTA EQUIPE.
  • Santos x Internacional - a goleada no jogo contra o Vitória fez com que o Santos somasse 8 gols nos últimos 3 jogos em casa, mas terá pela frente a forte defesa do Inter, que sofreu apenas 2 gols nas últimas 3 partidas fora de casa. CUIDADO NAS APOSTAS OFENSIVAS DO SANTOS.
  • Vasco x Sport - o Vasco é o quinto que mais finaliza jogando em casa (16,8 por jogo, 5,8 no gol) enquanto o Sport é a equipe que mais permite finalizações fora de casa (18 por jogo). CONSIDERE ESCALAR JOGADORES OFENSIVOS DO VASCO.
Dito isso, vamos à escalação:

OBS: trouxemos números sobre diversos jogadores, mas aqueles que integram o time do Posição Estratégica estão destacados em negrito e laranja. Usamos somente os índices do Cartola FC como base para as escalações e todas as nossa análises levam em consideração SOMENTE as últimas 5 rodadas.

Goleiros: Thiago Rodrigues (PAR) tem a maior média geral (9,00 pontos), mas Santos (CAP) é o melhor dentre os mandantes (7,70 pontos), enquanto Fábio (CRU) é o melhor dentre os visitantes (9,60 pontos). Outras boas opções dos visitantes são Danilo Fernandes (INT), com média de 7,90 pontos, e Jailson (PAL) com 7,30 pontos.

Laterais: Gilberto (FLU) e Junior (PAR) possuem as maiores médias (9,30 pontos e 8,70 pontos, respectivamente). Como mandantes, a dupla Thiago Carleto (CAP) e Yago Pikachu (VAS) dominam com folga, sendo o paranaense com 14,80 pontos de média e o vascaíno com 14,00 pontos. Renê (FLA) está com 7,40 pontos de média. Dentre os visitantes, Giovanni (AMG) tem média de 11,1 pontos e Victor Luis (PAL) tem média de 7,60 pontos. Nessa rodada, não apostaremos em laterais.

Zagueiros: Kannemann (GRE) lidera com média de 10,10 pontos (além de ser o melhor dentre os mandantes com média de 9,00 pontos), seguido de Victor Cuesta (INT) com 9,00 pontos (7,90 pontos como visitante) e Dedé (CRU) com 7,20 pontos (também possui a melhor média como visitante, com 6,10 pontos). Léo Duarte (FLA) pode ser uma aposta e possui média de 5,90 pontos jogando em casa.


Meias: Andrey (VAS) lidera com média de 12,80 pontos (12,70 pontos de média como mandante), seguido de Gustavo Blanco (CAM) com 10,00 pontos. Como mandantes, Lucas Paquetá (FLA) com 9,50 pontos e Zé Rafael (BAH) com 8,90 pontos também são destaques. Jogando fora de casa, Leonardo Valência (BOT) possui média de incríveis 11,20 pontos, seguido por Nenê (SAO) com 8,10 pontos. Arthur (GRE) tem média de 5,70 jogando em casa e Diego Souza (SAO) tem 4,80 pontos de média jogando fora.


Ataque: Willian (PAL) está pegando fogo e tem média de 14,60 pontos (9,00 pontos como visitante), seguido de Róger Guedes (CAM) com 10,80 pontos (11,80 pontos como mandante), Neilton (VIT) com 10,50 pontos (8,40 pontos como visitante) e Ricardo Oliveira (CAM) com 10,10 pontos (11,80 pontos como mandante). Como mandantes, Rodrygo (SAN) está inflacionado e com média de  13,70 pontos. Dentre os gremistas, quando jogam em casa,  Everton (GRE) está com média de 5,10 pontos, Luan (GRE) com 3,7 pontos e André (GRE) com 0,70 pontos. O treinador será Jorginho (VAS) por opção financeira.


PREÇO DO TIME: C$ 152.48

Prontos para a décima primeira rodada?

Acompanhe o desempenho da nossa equipe aqui!

Por: Gustavo Zani

Twitter: @gus_zani

Instagram: @g_zani
Posição Estratégica #11: em busca dos 1000 pontos antes da Copa Posição Estratégica #11: em busca dos 1000 pontos antes da Copa Reviewed by Gustavo Zani on 6/08/2018 05:07:00 PM Rating: 5