Na Mosca #35: ganha quem tenta

Bola pro mato que é jogo de campeonato! Esqueçam os resultados ruins e foquem em arrancar os últimos pontinhos possíveis.



Na última rodada não tivemos a "Na Mosca" por conta de diversos fatores, tal como final de semestre em faculdade e trabalho - para você que ainda não entrou na faculdade, um aviso prévio: final de semestre é terrível. Espero que entendam e me perdoem

Rodada passada não foi dos males o maior. Fizemos um time pensado e eu estava confiante em uma boa pontuação. Quase deu. Chegamos a consideráveis 67.70 pontos e, olhando o desempenho dos jogadores na rodada, vos digo: dei sorte, poderia ter sido bem pior.

Rodada que passa, rodada que vem, estamos próximos do final do campeonato e o que resta em nossas ligas com os amigos da escola, faculdade e trabalho é manter a média e continuar nas primeiras colocações, ou rezar para que a situação não piore muito caso você tenha tido um campeonato fraquinho no quesito Cartola. De qualquer modo, estou aqui para ajudar ou atrapalhar muito, depende do ponto de vista. Porém, sair deste mero texto sem ficar um pouco mais leve, garanto que vocês não vão.

De fato o campeonato está muito difícil e escalar seu time é pior ainda. A competitividade é alta e as decisões, ouso dizer que serão conhecidas em definitivo apenas na última rodada. Até lá, tem muita coisa pra rolar. Poucos ponto separam os primeiros colocados, poucos pontos separam os últimos e todos os times vêm de altos e baixos, com resultados inconstantes, então, creio que a melhor aposta para as últimas rodadas seja apostar no inusitado.

Sendo assim, bora para a escalação. No gol, um goleiro que é ídolo de sua torcida, genial nos pênaltis e que não sofre gols há 9 jogos, "São" Victor (CAM).

Nas laterias, vamos de uma carioca. Primeiro, Ayrton Lucas (FLU), em boa fase, com 57 roubadas de bola e jogando com todas as suas forças para que não sobrem chances de rebaixamento para o Fluzão. Além disso, é confronto direto com o Ceará e tem tudo para ferver. Do outro lado, temos o cara mais carismático do Gigante da Colina, o lateral mais rápido que já existiu e um verdadeiro craque de bola: Yago Pikachu (VAS). É caro - C$17.08 -, mas quem sabe faça valer o investimento.

Na zaga, representando os tricolores gaúchos, com a raça dos hermanos argentinos mas com vontade e determinação brasileira, com classe e qualidade de sobra, Geromel (GRE). Representando o alviverde paulista, o zagueiro que de vez em qundo dá pinta de artilheiro, Antônio Carlos (PAL).

Um pouco mais para a frente, no meio de campo, uma das revelações do campeonato. Um garoto que surpreendeu muito e vem jogando em altíssimo nível. Além de tudo, possui 7 gols e 5 assistências neste campeonato: Raphael Veiga (CAP). Dando continuidade ao meio, um jogador que é definitivamente mago. Decisivo, craque das assistências e das bolas paradas, Thiago Neves (CRU)
Fechando o nosso meio, Willian Arão (FLA), querendo retomar sua boa fase e sendo a aposta baratíssima da rodada, por apenas C$4.71.

No ataque, um trio diferente. Para nosso capitão da rodada, toda a experiência e habilidade de Gabriel (SAN), que sinto que vai fazer valer a escalação e a braçadeira. Com ele, uma das revelações do campeonato, Everaldo (FLU), com 1 gol, 6 assistências e motivado para escapar do rebaixamento e assegurar sua titularidade de vez. Fechando o poderoso trio de ataque, muita beleza, tatuagem, habilidade e cebolinha: Éverton (GRE).

No comando desse time maravilhoso, o magnífico “Rei”nato Gaúcho (GRE).

Na Mosca #35: ganha quem tenta Na Mosca #35: ganha quem tenta Reviewed by Gabriel Duarte on 11/17/2018 01:01:00 PM Rating: 5