Flamengo 0 x 1 Peñarol : O Jogo dos 7 erros

Na noite de quarta (03/04) em um maracanã lotado, o flamengo foi derrotado pelo Penãrol por 1 a 0 e se complicou no seu grupo na Libertadores.

Foto: Flamengo retirada de uma conta no pinterest, de flavia souzam, sem informações sobre o autor.

Com uma atuação coletiva sofrível e seus principais jogadores em uma noite pouco inspirada, o rubro negro carioca não conseguiu furar a forte marcação dos uruguaios e o pior, a derrota expôs problemas recorrentes deste time do Flamengo. Listamos os 7 erros que ajudam a explicar a derrota de ontem.

1. TIME MAL TREINADO :

Não só no jogo de ontem, mas em toda a temporada, o Flamengo demonstra ser um time sem um padrão de jogo definido. O time esteve sempre espaçado entre as linhas com um enorme buraco entre os zagueiros e os meias. O colombiano Gustavo Cuéllar é o único que marca no meio campo, tendo que se desdobrar em todos os lugares para cobrir seu espaço e do inoperante Willian Arão. As jogadas ensaiadas são mal treinadas ( o Flamengo tentou levantar 10 bolas para o zagueiro Rodrigo Caio em faltas laterais e em nenhuma conseguiu êxito na jogada ). O meia Diego de 1,75m marcando o zagueiro Cristian Lema com 1,90m. Um erro de posicionamento defensivo clássico.

2. DESEQUILÍBRIO EMOCIONAL :


Mais uma vez o Flamengo mostrou um desequilíbrio emocional diante de um desafio complexo que foi enfrentar os uruguaios. O time foi ficando nervoso e caindo na famosa catimba uruguaia que cozinhava o jogo e fazia cera em todo tiro de meta e toda a falta recebida. O estopim desse desequilíbrio foi a entrada desproporcional de Gabriel que resultou em sua expulsão e prejudicou o time.

3. ZAGUEIROS COM ESTATURA BAIXA:

Durante toda a temporada, o Flamengo vem sofrendo com as bolas aéreas por erro de posicionamento da defesa ( o que engloba o erro número 1 ) e por ter uma defesa baixa se comparada a outras defesas.
Rodrigo Caio com 1,82m , Léo Duarte com 1,83 não são considerados zagueiros altos e com isso têm muitas dificuldades para duelar com atacantes altos e fortes.
Ontem mais um gol de bola aérea, os zagueiros não tiveram culpa, porém é uma situação a ser revista.

4. SUBSTITUIÇÕES EQUIVOCADAS :

O treinador Abel Braga vem mexendo mal na equipe em muitos jogos. Na partida contra o Peñarol , Abel tirou Willian Arão e colocou Vitinho deslocando o atacante Bruno Henrique que vinha muito mal no jogo para jogar entre os zagueiros, tendo um centro avante de origem no banco de reservas. Não tem explicação o uruguaio Giorgian De Arrascaeta no banco de reservase sem entrar em jogo tão importante como de ontem.

5. LEITURA DE JOGO EQUIVOCADA :

O treinador Abel Braga não soube ler o jogo na partida de ontem. Com dois zagueiros altos, o Peñarol conseguiu neutralizar o atacante Gabriel. Abel trocou o posicionamento dos atacantes tirando Bruno Henrique da esquerda e o colocando como homem de referência entre os zagueiros e abrindo Gabriel pelo lado direito, buscando aumentar  a altura do ataque. Só que o atacante Bruno Henrique estava em uma noite desastrosa, errando tudo o que tentava, oportunidade perfeita para colocar o Arrascaeta em campo na posição em que o uruguaio se sente mais vontade. O que fez Abel? Colocou o Vitinho !!

Quando tirou o volante Willian Arão que não marcava e não atacava, deixando Diego e Cuéllar para marcar no meio campo, ambos com cartão amarelo, ele abriu o time para buscar a vitória. Com a expulsão de Gabriel, faltou inteligência para perceber que o empate naquelas circunstâncias do jogo seria um bom resultado, que manteria o flamengo na liderança e seguraria o Peñarol com 4 pontos. Era hora de colocar o volante Ronaldo e fechar o time.

6. JOGADORES MUITO ABAIXO :

Em uma noite infeliz tecnicamente de seus principais jogadores, ficou claro que o Flamengo depende e muito que seus jogadores estejam bem.

Bruno Henrique e Gabriel erraram tudo que tentaram, dominavam de canela, erravam passes, não conseguiam vencer um duelo individual.

Diego e Everton Ribeiro até tentavam algo, mas pouco efetivos durante todo o jogo. Vitinho entrou mal e foi culpado no lance do gol onde marcava o centro avante Viatri e não o acompanhou para impedir a cabeçada certeira. Ponto fortes em outros jogos, a lateral do Flamengo esteve muito mal ontem. Pará e Renê conseguiam ser inofensivos no ataque e marcavam mal os rápidos pontas uruguaios.

Menção honrosa para Gustavo Cuéllar que mesmo não tão bem ontem, correu pelo time todo. E também para o goleiro Diego Alves que fez 2 importantes defesas antes do gol uruguaio.

7. POUCA PRODUTIVIDADE OFENSIVA :

Muita posse de bola e poucas finalizações. O Flamengo teve posse de bola de 60% e 9 finalizações, sendo 2 apenas no alvo. Apenas duas chances de gol, uma com Gabriel e outra em uma bola cruzada na área, muito pouco para o investimento feito. O time não soube sair da forte marcação uruguaia e como a individualidade de seus jogadores não funcionou, o time ficou previsível e sem imaginação.

A derrota de ontem expõe feridas que devem ser cuidadas para que o flamengo não sofra mais uma eliminação vexatória em Libertadores.

Flamengo 0 x 1 Peñarol : O Jogo dos 7 erros Flamengo 0 x 1 Peñarol : O Jogo dos 7 erros Reviewed by Rodrigo Moreno on 4/05/2019 09:44:00 AM Rating: 5

Nenhum comentário

Ads Inter Below The Post
Image Link [https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRqVIOzmyqdK2lcaGlZw9HXTfucWeJuQ74VegAyI1naPVWo0AU1Bw] Author Name [MARCELO FIGUEIRA] Author Description [Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard] Facebook Username [none] Twitter Username [#] GPlus Username [none] Pinterest Username [none] Instagram Username [#]